Peças de moto que quebram com frequência e precisam de atenção!

Ao pensarmos em segurança no trânsito, não podemos esquecer da manutenção e atenção que temos que dar as nossas motos. Existem algumas peças que quebram e danificam com mais frequência e estar atento a elas garante o bom funcionamento da sua magrela e diminuí as chances de você ficar na mão.

Com o uso contínuo é normal que as motos apresentem algumas falhas em peças específicas e por vezes na mecânica. Listamos as cinco peças que precisam de mais atenção, confira:

  • Vela de ignição

Embora a maioria das motocicletas tenham injeção eletrônica e costumem apresentar poucos problemas nas velas de ignição comparadas as motos carburadas, é preciso estar sempre atento. Se a peça estiver defeituosa, ela impede que a moto funcione adequadamente e dificulta até que seja ligada.

  • Cabos de embreagem

Eles desgastam-se facilmente e deixam de realizar a lubrificação da sua magrela de forma adequada. Com isso, o cabo de embreagem pode romper ou se deteriorar, o que torna o manete da embreagem inoperante. É preciso estar atento ao posicionamento da manete, pois muitas vezes, a manete torta é o maior causadora do rompimento dos cabos da embreagem.

  • Embreagem

Embora pareça um sistema complexo de entender, a embreagem é composta por discos de fricção que transmitem a rotação do motor para as engrenagens, até que elas cheguem nas rodas. Com o passar do tempo, devido ao uso contínuo, a embreagem pode se desgastar e uma das peças podem quebrar. Quando a embreagem apresenta falhas, ela pode estar relacionada ao cubo, ao platô, ao disco ou ser um problema de todo o sistema de embreagem.

  • Pistão e comando de válvula

Normalmente, quando ocorre uma falha no motor, a peça que recebe o impacto do estrago é o pistão. A corrente de comando também costuma ser afetada, o que faz com que a peça seja distorcida e perca o seu formato depois de um tempo. A dica neste caso é não economizar na manutenção dessas peças.

  • Freios

Os freios são itens fundamentais para todos os motociclistas. O correto é checá-los diariamente antes de sair. Embora muitas motos tenham freio a tambor, a grande maioria conta com discos de freio pelo menos na dianteira. É preciso estar sempre atento, pois a frequência no atrito entre as peças causa um desgaste que além das pastilhas de freio, pode também atingir o disco de freio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s